Um olhar sobre mim… e outro sobre ela

Hoje acordei inspirado, rs.

Então vamos lá…

Vocês devem estar se perguntando “mas afinal, quem é esse cara?”. Bom, quem sou eu?

Meu nome de batismo é Alberto Ferreira Cortez, Ferreira para os íntimos. Nascido na pitoresca cidade de Jaú, no ano de 1973, sou um homem curioso e sempre bem disposto (até demais) a procurar por novos desafios. Enfim, um jornalista em tempo integral.

Alguém que mesmo solitário em meio ao caos da megalópole, consegue ser feliz.

Mas chega de mim por hoje! Vamos ao que interessa…

Ultimamente, minha vida mais parece um filme de terror, como um dos milhares dirigidos pelo grande mestre José Mojica.

Mas calma, não se assuste, isso é fruto das minhas idas frequentes a uma mesma livraria e a busca incessante por informações sobre a famosa lenda da “Loira do Banheiro”. uuuh hahahah  Pois é, não tenho feito muito se não ir atrás dessa mulher.

Nessa busca, devo dizer que fui cuidadoso para não ficar atrás de “mais do mesmo”, e de fato trazer algo interessante sobre a lenda, desvendando os mitos populares, na tentativa de me manter o mais próximo possível da realidade, mas mesmo assim confesso, o poder de uma lenda urbana pode falar bem alto nessas horas.

As várias versões da lenda podem confundir, mas isso nada mais é do que o bom e velho telefone-sem-fio, levado em frente por crianças travessas e curiosos de plantão. Aos poucos vou escrevendo aqui mais sobre cada uma dessas versões, mas o que realmente importa, é que a essência da lenda continua intacta, e sua protagonista sempre será uma bela loira boca-suja.

“Eis então que ressurge o mórbido glamour das lendas urbanas, sua capacidade de adaptação em meio a diferentes culturas, mantendo seu elemento principal, o suspense seguido da euforia.

Alberto Ferreira, jornalista egocêntrico.

Essa inocente imagem do gibi da Turma da Mônica, por Maurício de Souza e sua trupe, é na verdade riquíssima para esta pesquisa. Nela vemos como ocorre a transmissão e a perpetuação de uma lenda.

Nada melhor do que uma revista voltada ao público infantil, para disseminar uma estória, e fazer dela um patrimônio cultural, não é mesmo?

Indo além, podemos perceber a criação de uma nova versão da lenda, graças à censura dos gibis infantis, que não ensinariam os três palavrões assim tão facilmente, embora caso o fizessem, venderiam muito mais… #pensenisso hahaha ando muito moderno, hábitos de twitter

______\________/_______

Estou coletando alguns depoimentos de pessoas que vivenciaram ou que ouviram falar da lenda.  A memória coletiva da sociedade é uma fonte saborosa para informações sobre lendas urbanas.

Tem muita coisa publicada em sites, achei esse muito bom: http://ifolclore.vilabol.uol.com.br/lendas/sd/sd_loira01.htm

Veja o que ele escreveu sobre a loira:

Esta história é muito contada em escolas da rede pública na cidade de São Paulo. Sua fama é muito grande entre os alunos.

Uma garota muito bonita de cabelos loiros com aproximadamente 15 anos sempre planejava maneiras de matar aula. Uma delas era ficar ao banheiro da escola esperando o tempo passar.

Porém um dia, um acidente terrível aconteceu. A loira escorregou no piso molhado do banheiro e bateu sua cabeça no chão. Ficou em coma e pouco tempo depois veio a morrer.

Mesmo sem a permissão dos pais, os médicos fizeram autópsia na menina para saber a causa de sua morte.

A menina não se conformou com seu fim trágico e prematuro.  Sua alma não quis descansar em paz e passou a assombrar os banheiros das escolas. Muitos alunos juram ter visto a famosa loira do banheiro, pálida e com algodão no nariz para evitar que o sangue escorra.

_____________________


Bom, that’s all folks! Ou, na versão tupiniquim, por hoje é só pessoal!

Até!


Alberto Ferreira- Jornalista

alberto.ferreira.jornalista@gmail.com


The URI to TrackBack this entry is: https://desvendandolendas.wordpress.com/2010/01/05/um-olhar-sobre-mim/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Cara, to adorando isso aqui.
    Quero comprar o livro assim que ele for publicado!

    Valeu

  2. adorei esse post bom demais!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: